08 outubro 2013

Pépé M.I.A- dia 1 e 1/2

Ontem, na Escola, a sesta da Francisca foi pépé M.I.A (Missing In Action). A sua grande amiguinha chegou de fim de semana a dizer que o gato lhe tinha levado a pépé e, aproveitando o lanço, venderam a mesma treta à piquena. Diz-se que custou a adormecer e "Ai o gato maroto!". Um dia havia de ser dia e ontem foi o dia. Pareceu-me excelente. O gato levou-lhe a pépé e a chucha. "Ai o gato maroto", diz ela quando lhe respondo que o gato as levou e foi a correr muito, muito, muito, para longe. À noite, demorou um pouco a adormecer, a perguntar pela chucha e pela pépé, ouvindo em resposta que o gato a tinha levado. Lá continuou na sua ladainha de "Ai o gato maroto! Pugiu lá longe". Sim, Filha, o gato levou a pépé e a chucha. "Ai o gato maroto". Ao fim de meia hora nisto, apetecia-me acrescentar que a pépé tinha ido com os porcos, mas era capaz de ser bichedo a mais. Lá continuou na sua cantilena de chucha, pépé, gato maroto, fugiu, longe, até que se cansou , virou-se para o outro lado e adormeceu. Sem chucha nem pépé. Às seis da manhã, ouviu-se do outro lado do corredor "Ai o gato maroto!". Meia hora mais tarde, "Ai o gato maroto". Ri-me como uma perdida, com a piquena e o gato maroto que lhe roubou a chucha e lhe vinha ao sono. Mas dormiu. E muito bem até, tendo em conta que era viciada na coisa. Mas um dia havia de ser dia e ontem foi o dia. Siga. Eu cá acho que isto 4 dias e passa-lhe, fica o gato com a culpa e a malta com uns trocos nos bolsos para não serem gastos em aparelhos dentários daqui a uns anos. O gato maroto levou a chucha e a pépé e fugiu para longe, para muito longe. E não volta mais. Maneiras que...

Sim, eu sou uma pessoa terrível que, ao ouvir a míuda na sua ladainha de gatos marotos, se ria em surdina e lhe vinha esta música à cabeça. Logo vejo a que se segue esta noite. Isto é tipo Dragon Ball, não percam o próximo episódio... Bem, mesmo que quisesse, não tinha como perder o episódio desta noite da saga "Pépé M.I.A".  

4 comentários:

S* disse...

És uma diversão!!

Magui disse...

Lindo! A miúda em sofrimento com o gato que lhe leva a pepe e tua a pensares no Zé :D!

M.P. disse...

A saga da chupeta aqui em casa vai ser dolorosa. O João durante o dia não anda de chupeta, mas à noite, depois de jantar, pede logo a chupeta e o riscas... E parece que o sono só lhe vem quando põe a chupeta na boca. É tiro e queda. Acho que vou adiar mais um tempinho essa etapa...

Magda E. disse...

aproveitei a tua história do gato para ver se pegava. Durante a sesta resultou, mas à noite era o eras... Cmg resultou com "o cão levou" tinha esperança que com ela tb... =(