31 agosto 2013

Anatomia de uma festa.

Talvez seja cafona. Talvez seja out of style. Mas a festa da Francisca foi do mais simples possível. Balões, muitos balões, muita alegria, muito carinho, muito mimo e um bolo maravilhoso, de limão e chocolate, onde não podia faltar a inseparável companheira da Francisca. Não houve tema, não houve etiquetas nas sobremesas, garrafas de água personalizadas e tudo o resto tão em voga. A Francisca teve uma festinha o mais simples possível, com os "Parabéns" cantados vezes sem conta, as velas a serem sopradas ad nauseum a cada " mais uma vez, pô fabore". Os "Parabéns" cantados ao telefone por quem não pode estar presente e sempre terminados pelas mãos dela a bater palminhas e a gritar com um sorriso " Bibáaaaaa, doooooix". A festa dela foi o mais simples possível. E ela teve um dia muito feliz, traduzido no sorriso mais bonito que conheço. Porque é nas coisas simples da vida, que se encontram verdadeiros tesouros e se fazem as memórias.  
P.S- o bolo foi feito pela "Gourmet and You". Uma delícia! 

5 comentários:

Bruxa Mimi disse...

Parabéns atrasados à Francisca!

Ana Maldivas disse...

És das minhas! :)

Magui disse...

E é o que se quer... Eu troquei o bolo fashion por um bolo old school, em vez de organizar uma mega festa com nomes nos bolos levei-o ao zoo e ele amou ver o leão e em vez de convidar meio mundo, lanchámos em casa dos avós com direito a joelhos esfolados! Simplificar é a palavra!
PS - O bolo está um amor!

M.P. disse...

E de certeza que ela delirou!!!:-)

raquel disse...

Que bolo tão bonito!
E a Francisca adorou, tenho a certeza!
E tenho saudades vossas...