12 outubro 2012

Quem sai aos seus...


... "não regenera nem degenera"
Sua Alteza Tés vai para a cama às 20h30-21h. Mexe, remexe até que cai a dormir, em posições acrobáticas de circo. Ressona. De manhã, a cama tem mel. Não há meios da criança acordar antes das nove da manhã. Muitas vezes são nove e meia e ela ainda dorme como se não houvesse amanhã. Excepto aos fins de semana, que acha que aí sim, acordar cedo dá saúde e faz crescer. Durante a semana, mais 5 minutinhos na cama é que é, que a brincadeira no infantário pode esperar. E eu? Deixo-a dormir... Porque ainda tenho a facilidade de a levar um pouco mais tarde e sobretudo porque o sono tranquilo da minha filha, me enternece de maneiras que não sei explicar. E porque um dia terá horas, e despertadores a zumbir pela madrugada. E pensará em vender a alma ao Demo por mais 5 minutos na cama. Tal como a Mãe. Tal como o Pai. 

5 comentários:

Bi disse...

Que lindona!! Durante a semana também tenho que acordar a minha, às 8h! E mesmo assim não é nada mau...
Beijinho*

Magui disse...

Também tenho que acordar o F às 8, mas ao fim-de-semana o sr madruga!

Pé de Chinelo disse...

A minha também dorme 12 horas (das 19h30 as 7h30)...coisas boas ter crianças assim... E embora eu tenha um horário flexível de entrar à hora que me apetece (sair é que já me lixa com reuniões) a Escola dela "exige" que eles estejam até as 9h30 para rezarem (!!) em conjunto...

CC Mãe de Duas princesas disse...

Que maravilha! Pois por aqui tenho duas que parece que nasceram com despertador. Se conseguir que estejam na cama até às 9h da manhã é uma sorte! E deitam-se sempre por volta das 22h (não as consigo deitar mais cedo e mesmo assim é uma luta). Saem á maezinha - más para dormir! Grr.

Mas, tem as suas vantagens nunca há stresses para se levantarem para ir para a escola ou para qualquer actividade :)

Bjos

Valsita disse...

Aqui a versão é mais... "Quem sai aos seus não é de Genebra" :P

(pois não, é de Lausanne)