13 junho 2012

Coisas que me apoquentam verdadeiramente...

... povo de Portugal e arredores, escutai-me com atenção (a mesma como se da Troika se tratasse...): 
Se vedes um carro a fazer marcha atrás, não, repito, NÂO, vos coloqueis atrás dele. Mesmo que indo por ali seja o caminho mais curto não obstante o bólide manobrar em marcha a ré. Nunca sabeis quando virá de lá uma condutora menos atenta que, sorte vossa os protegidos pelo Santo padroeiro tecnológico, é salva pelos apitos estridentes dos sensores de estacionamento de vos engomar a fronha e alisar o pelo com as rodas traseiras. Nem tão pouco sabeis se o carro em questão possui esses mesmos apitos estridentes e zumbidores para vos salvar o coiro. Entendeis? É que já no Tempo dos Vickings rezava a história que "amandar-se" no sentido de carros em marcha à ré causa dano. No coiro e no carro (carroça nessa magnífica era do chapéu giraço, onde todos cantavam alegremente "hey hey Vicky, hey Vicky hei!"). 

1 comentário:

Cleo disse...

Só vou comentar devido à alusão à Vicky, o meu desenho animado preferido de infância! (até tinha o parque da Vicky, pena que a dona avó minha mãe emprestou-o sem retorno a não-sei-quem, senão a L. pequenina herdava-o).