13 novembro 2011

Das músicas que me aquecem o coração X...e das Viagens...

Poderia ser a banda sonora da nossa família... Só tinha de substituir o Jack pelo Maridão, Maria Francisquinha, Mofli (a fera) e eu. E um carro enorme (estou mesmo a falar a sério, o bólide cá de casa é o segundo carro mais comprido do mercado automóvel) que desde que a Dez-reis-de-gente nasceu mingou substancialmente. 
Com o carro atulhado de tralha, com reminiscências de família feirante, fazemos os nosso trajecto A1-A10-A13-A2-IP8 ou no sentido inverso, depende do que a vidinha decide e manda (extremely boring, até porque em algumas destas estradas só se vê um carro quando o Rei faz anos ou o é Verão e a malta vai para o Algarve. Fora isso, essas autoestradas estão sempre às moscas. Dinheiro bem gasto, sem dúvida... Moving on...).
Ontem foi dia de Hit the road... Mas fazemos o caminho inverso daqui a 3 semanas, não  se aplica a parte do "never come back"... Nós todos e a "tenda" que carrego comigo (Marido: "Como, explica-me, coooooooomo é que é possível tu conseguires achar que é preciso tanta coisa?" E, pacientemente, suspira enquanto carrega as sacas e saquinhas que eu acho indispensáveis...) 
São assim as viagens desta piquena família, em que esta música faz parte da OST do longo trajecto...
Hit the road Jack and don't you come back no more, no more, no more, no more.
Hit the road Jack and don't you come back no more.
What you say?
Hit the road Jack and don't you come back no more, no more, no more, no more.
Hit the road Jack and don't you come back no more.