28 maio 2015

Saiam da frente, carroceira on the move.

Perdi a aspiração a ser "Lade". Em boa verdade, nunca a tive, mas achei que me ficava bem dizer que agora, aos 30 e poucos, a perdi de vez, para não ter de admitir que desde sempre tenho alma de trolha e mente de carroceira. Tive um epifania ou coisa que me valha. Eu passo a explicar: por cada pessoa boazinha, fófinha, sou-tão-boa-pessoa-óh-pra-mim-tenho-tempo-para-tudo-ando-sempre-impecável-e-as-minhas-crias-também-não-percebo-como-não-consegues", em vez de aspirar a ser assim, uma "Lade", penso para comigo "Óh pá, 'sa f#da. Quem não gosta, bota na beirinha do prato e siga para bingo!!!" É, claramente, eu não nasci para este mundo cheio de paneileirces e somos-todos-assim- amiguinhos-fófinhos-olha-a-tolerância-e-o-glutén- e mais o baralho. Não há cú que aguente e eu ando cheia de vontade que o meu génio de carroceira venha ao de  cima. É que nada, mas nada mesmo, é tão libertador como um "óh pá, vai pá @uta que te pariu! " bem metido. 

3 comentários:

Magda E. disse...

nem sabes o que me divertes com os teus posts sobre este tema. é que trabalhei durante anos numa ervanária e apanhava com cada um que nem imaginas!!!

raquel disse...

Princesa you rock!!!
Eu hoje, especialmente hoje estou tão assim!
A minha alma de trolha está ao rubro! E apetece-me mesmo que esteja!
'sa f#da!!

Modern Ana disse...

ahahahahahahahahaha! Oooh como seria BOM!