22 setembro 2014

Sometimes I get lost inside my mind…

Há um dos blogs que leio, daqueles ali da barra ao lado, que me consegue sempre, sempre, sempre arrancar um sorriso. Que me faz pensar, sempre, que as coisas simples são as mais bonitas. Que tem a capacidade de me deixar a pensar que gostava de ter na minha informação genética esse código para querer fazer bolos com a Francisca, para ter paciência para ela durante todo o dia, durante todos os dias. As Mães também ficam sem paciência de vez em quando… muitas vezes, até. Mas não grito, não berro. falo mais baixo, de cara fechada, às vezes com uma vontade louca de chorar de cansaço, com uma vontade enorme de desatar aos berros, de gritar e gesticular muito. Mas não grito, não berro, baixo-me, falo baixinho e sinto as rugas da minha testa a vincarem-se. Sim, às vezes falta-me a paciência para tantos porquês, para tanto questionar de tomada de decisão, para tanto quero isto, quero aquilo, quero a Dra. , não quero tomar banho, quero rebolar no chão depois de tomar banho. Fico sem paciência até para aqueles dilemas em que a massa se diz massinha e não esparguete, mesmo sendo esparguete. Às vezes encolho os ombros e suspiro, assumo que não estou virada para dar numa de burro teimoso e deixo-a levar a bicicleta (hoje quis levar um carro (cor-de-rosa pindérico) para a Escola e eu deixei e achei piada até). Outras vezes, passamos horas numa pescadinha de rabo na boca, até que a venço pela exaustão ou porque simplesmente ela perde o interesse no assunto… em boa verdade, é mais a segunda hipótese que acontece. Mas sempre que leio aquele blog ou lhe vejo as imagens, sorrio. São tão bonitas. Não as olho com inveja, olho-as, sim, com admiração. Admiração profunda, pela Menina.  Gostava muito de ter esse condão, mas não tenho. Mas continuo a gostar muito de a ler e sobretudo, de sorrir. (aqui)

4 comentários:

Magui disse...

Como te compreendo... Era ter paciência e ter a máquina assim sempre pronta... Passam-se semanas que não lhe tiro uma foto e quando o faço é com o telemóvel... Acho que me vou arrepender muito de não guardar estes momentos, mas os dias engolem-me! E sim, também a leio há anos e adoro sempre tudo!

Magda E. disse...

assim que comecei a ler tive a certeza de que falavas deste blog. Tb admiro muito esta mae e fico smp encantada com o que escreve e partilha.

macaca grava-por-cima disse...

sinto o mesmo pelo eu. ele, a maria e o miguel... e também lhes deixei uma menção honrosa lá no meu estaminé

http://www.macaquinhasnosotao.blogspot.pt/2014/09/blogs-que-nao-tenho-conseguido-resistir.html

M.P. disse...

Eu tambem sigo esse blogue e adoro tudo, as fotos, a simplicidade, os miúdos... além de achar que "a Menina" escreve mesmo muito bem.