14 janeiro 2014

Vou fazer 30 anos este mês #9 (que é como quem diz, amanhã)

Duas coisas absolutamente extraordinárias de tão banais e sem nexo que descobri no último dia dos 20 e… : 
- a minha escova de dentes é daquelas "xpto" e demora dois minutos a dizer-me que já está bom a cena do um-copo-com-água-uma-escoooova-e-pasta. Exactamente o mesmo tempo que é suposto deixar o amaciador no cabelo para que este não pareça um ninho de ratos. Nunca tinha pensado nisso. Acho que ninguém se põe a pensar nisso. Mas eu lembrei-me disso hoje de manhã; 
- nasci de cesariana, no começo de uma madrugada fria de Janeiro. A minha Mãe achou boa ideia esperar deitadinha na cama até as contracções apertarem. Até aqui tudo bem, até porque a especialidade dela é mesmo a de por bebés neste Mundo. Só que também achou por bem ir comendo uns iogurtes, apeteciam-lhe iogurtes, fazer o quê? Quando se apresentou na Maternidade e acordou com o Médico a cesariana, o anestesista ia tendo um treco, porque iogurte é indigesto e há 30 anos atrás, cesariana era de anestesia geral. Hoje de manhã, lembrei-me disto. Tudo porque quando estou de ressaca (que não é o caso, wish I…) a única coisa que tolero comer são iogurtes. 
Duas coisas verdadeiramente estúpidas e sem interesse algum que me levaram a esta frase:  
Logic will get you from A to B. Imagination will take you everywhere 
(Einstein)
Vou fazer 30 anos amanhã. Não me apetece perder esta capacidade de me abstrair, unir pontas soltas, fazer associações idiotas e rir-me de mim no final. Não quero perder a capacidade de me rir de mim. Ou a capacidade de sonhar. Ou de imaginar. Chegarei na mesma de A até B, mas por um caminho mais divertido ou mais choroso, não importa. Faço 30 anos amanhã. Não estou com a neura da idade (são só 30, ainda), já comprei há uns meses um creme anti-rugas e se pensar com calma, até que já fiz alguma coisa de jeito dos e aos meus dias. Pela primeira vez, penso em todos os anos em que escolhi fazer festas com amigos e não ficar em casa, perto dos meus Pais. Faz parte de crescer mas, hoje, gostava de amanhã estar perto deles, sem ser num ecrã de computador. 30 anos são três vezes duas mãos cheias de dedos, três vezes duas mãos cheias de tudo e cheias de nada. Amanhã faço 30 anos. E hoje descobri que o amaciador e a escova de dentes estão sincronizados, assim como finalmente percebi porque como iogurtes quando estou de ressaca. 

3 comentários:

Sónia disse...

Estás quase quase nos inta :D

Magda E. disse...

Parabéns Princesa!!!

Bi disse...

E o amanhã é hoje!! Gostava de te dar um beijo e um abraço! Fico-me por este escrever de "beijinhos e abracinhos"!

Parabéns Princesa!! Com 30 a vida é igual aos 29, mesmo! Que o diga eu a caminho dos 35! (Socorro)

Um grande beijo de Parabéns! Que tenhas tudo a que tens direito! Um dia muuuito feliz!