07 junho 2013

Os "cá vamos indo"...

Se há coisa que me irrita são os "cá vamos indo". Também há a versão "cá estamos, nunca pior", mas são da mesma espécie. É uma espécie indefinida: não estão mal, não estão bem, só estão estando. Aliás, nem eles sabem muito bem, como indefinidos que são, se estão benzinho (esta espécie usa muito o "estar benzinho", também) ou na merda. Estão qualquer coisa de fazer encolher os ombros, nem mais para lá nem mais para cá. É a malta do arrasto. Arrastam-se-lhes os dias num gerúndio qualquer e por isso lá vão indo. Só que nunca vão, vão só indo. Não vão de bem com a vida, vão indo. Também não vão de mal com a vida, vão indo. É que ir a bem ou a mal implica ir de verdade, de pé firme, com vontade de alguma coisa definida, não combinando com o encolher de ombros do "cá vamos indo". São os "não vão, que os levam". Mas num ponto acordamos, eu e os "cá vamos indo": haja saúdinha. 

3 comentários:

Rit♥Catita disse...

São os chamados desbloqueadores de conversa que, por vezes, só bloqueiam as conversas porque a seguir a essas respostas nunca há mais nada para dizer. lol

Valsita disse...

Por aqui, tb :) cá vamos indo, nunca pior que isto é comó tempo.
Beijinhos
Bom fim de semana

Magui disse...

Ui... Também odeio o cá estamos, o vamos indo e o nunca pior!