04 abril 2013

Se é do Porto...

Fui comprar um creme. Não interessa qual, que não me pagam para a publicidade e eu ainda vou descobrir se gosto. Se gostar, logo conto. Se não gostar, esqueçam o pormenor do creme. Bem, mas dizia eu que fui comprar um creme. Fui a um sítio e não tinha. Adorei, porque especialmente me molhei toda nos entretantos. Fui a outro sitio, já estava molhada e já, siga. Entrei. Perguntei. Desde o "Boa tarde" inicial, uma simpatia. Fiquei logo contentinha. Conversa e " olhe que este se adequa mais, leve antes este. (mais barato e tudo, gente!). Desculpe-me, mas a Menina é do Porto, não é?" Que sim, que sou, de sorriso rasgado. "Olhe que giro, eu também, mas já perdi o sotaque". Pois, pois eu não. E esta água de cá come-me a pele, o cabelo, a paxorra e a carteira, que o que me falta em sensibilidade nas palavras sobra-me na pele, por vezes. " Pois que sim, muito dura, muito dura. Mas é do Porto? Então espere, tome." Mão cheia de amostras de coisinhas boas para a pele. E eu toda contentinha. Não pelas amostras (que também gostei). Mas pela simpatia com que fui atendida. E por perceber que mantenho o sotaque inconfundível. Da minha Terra. 

4 comentários:

Ana Maldivas disse...

Love it!!! Também eu sou uma desterrada. Já há sete anos na capital e nunca me identifico como sendo de cá. E sei que nunca mais vou voltar à terrinha. Mas, no meu caso, nem queria... Coimbra é muito pequenina de mentalidade e outras coisas mais. Credo. Fujo. Embora tenha de levar com tantaaaaa coisa que me enerva aqui... Seja. Bjs

Magui disse...

Adorei!

Anónimo disse...

isso fica onde?!? (Interessa pouco o creme, verdade. Mas amostras boas?!? Onde, Menina do Porto?)

Pitú disse...

Eu sou Tripeirinha com muito orgulho, mas mesmo que não fosse, não consegui disfarçar. Tenho MUITO sotaque :) e essa coisa de a "gente" do PUUORTO (carago) ser unida é BONITO!