11 março 2013

Ai, córrore...

... pára tudo, pára tu-do! Tenho o verniz a lascar. É o drama. O horror. Tragédia grega instalada: falidíssima, reivindicativa e extremamente barulhenta, portanto. E é por estas nhoquices que gosto muito destas vidas de ser gaja. É que ter o verniz a lascar é coisa que "obriga" a ter de ir por um novo, não gosto assim. E o cheirinho do verniz, acabado de pintar, brilhante, numa cor qualquer, virada ao escuro... Sou tão fútil, quando m'apetece. E quem não gosta(r)... beirinha do prato. Nem precisa de agradecer. 

3 comentários:

Magui disse...

Ai que eu também tenho... Raisparta que pintei na sexta à noite e ontem já estava a desgraceira... Vamos lá ver se consigo fazer tudo de novo hoje ou o tempo só me deixa tirar e não por nada de novo!

Ana Maldivas disse...

loooooooooool

raquel disse...

;)
adoro o "beirinha do prato"!
adoro!
obrigada por me fazeres rir tantas vezes.