21 janeiro 2013

Como me por em humor vai tudo na vassoura...

Perguntarem-me para quando o menino ou um irmãozinho (a) para a Francisca. Mas brincamos ou colamos cartazes, hein??? Primeiro: eu meto-me a perguntar coisas ao útero alheio? Não, pois não? Então, desamparem o meu que já deu o fruto que devia. Não quero mais filhos, n ã o quero. Ponto. Nem agora, nem daqui a 5 anos, nem daqui a 10 (a única opção que ponho em ter um segundo filho seria no caso de ter de o fazer para tentar salvar a luz dos meus olhos). Ponto final. E a coisa deveria acabar por aí, mas não... "Oh, mas porquê?". Porque não quero não devia ser motivo suficiente? Parece que não. Então vamos lá gente, querem brincar aos peditórios da natalidade? Vamos lá então, que eu dou-vos os pormenores clínicos todos da minha estória ao ponto de vos deixar brancas e a pedir desculpa, desculpa, pois, pois, assim de facto. Arre, lá com isso dos irmãozinhos e mimimimi. Ide cuidar do vosso útero que no meu, mando eu! 

6 comentários:

Magui disse...

É que é cá uma mania... Cada um sabe de si e que mais têm os outros com isso? Podias até não querer ter tido nenhum filho e não era caso para inquérito... Se há coisa que eu não pergunto a ninguém é isso, é que a resposta "porque não" pode ser só o melhor que vamos ouvir...

Bi disse...

As pessoas não entendem o que é a intimidade e as opiniões de cada um!! Xiça!

Pitú disse...

Ora ai esta um post que vou copiar para por no meu blog!!!!
E digo mais... Sou filha única e nunca fui infeliz por isso!

Valsita disse...

Nem mais!!!!!!
Pior é quando a pergunta "ah e tal para quando outro bebé?" vem acompanhada de "ah e tal que ja tens 37 anos, e nao podes esperar muito....."

Pffff... haja pachora!

Cláudia, Vila do Conde disse...

Comigo é a mesma coisa, das duas uma,ou me perguntam para quanto um irmão para o tesourinho ou então dizem-me para ter juízo e não me meter noutro filho! Mas afinal que manda na minha vida e nas minhas/nossas opções?!

Ana Maldivas disse...

E depois ainda nos dizem q deviamos ter pensado melhor antes de ter filhos