27 novembro 2012

Porque às vezes me esqueço de agradecer...

... à Natureza, por me ter dado a possibilidade e a alegria incomparável de gerar uma Vida sem intervenção da Ciência e da Medicina. 
Aos casais que passam por toda a dor que a Infertilidade gera, deixo aqui o meu sincero carinho e força. E desejo que, de uma maneira ou de outra, a Maternidade a Parentalidade sejam um dia a realidade que tanto anseiam, independentemente do caminho que escolhem. Seja ele o recurso às FIVs, a qualquer outra técnica de reprodução medicamente assistida ou mesmo à adopção. Testemunhos que me fizeram parar, pensar e agradecer, aqui.

3 comentários:

Magda E. disse...

Eu esperei 4 anos pela minha mais que tudo. Qd pensei em recorrer à ajuda médica (mais ainda!) consegui engravidar, sem perder, e hoje aqui está ela, fresca e fofa! Nem sabes cm uma pessoa com dificuldades se sente ao ver as "barrigas das outras" e ter um sonho adiado. beijinhos

Princesa sem Reino disse...

Magda, não fazia ideia! Por não ter passado por essa situação é que acho que às vezes, as pessoas como eu, se esquecem de agradecer a benção que é engravidar sem problemas!

Um beijinho

Magda E. disse...

aqui: aqui: http://almadmae.blogspot.pt/2012/03/so-quem-passou-por-isso-pode-entender.html ou aqui: http://almadmae.blogspot.pt/2012/02/ha-3-anos.html
falo um pouco sobre a minha história caso queiras ler. no entanto, é mais sobre a perda q a luta para engravidar.