31 julho 2012

Vidas right on schedule...

A vida de algumas pessoas parece-me um dos meus planos de experiências, em que cada microlitro é importante, cada composto pesado à nanograma, o ensaio ao segundo (as experiências que me vão azedar as duas primeiras semanas de Agosto... Meu querido mês de Agosto lai, lai, lai, serás o mês em que me vou mudar de vez lai lai lai, da cidade do nevoeiro para a das casinhas brancas e azuis lai lai lai sleep deprived moment...). 
Vidas traçadas ao mm, right on schedule. 
Acabaram o liceu na altura certa, acabaram a Faculdade (que não a frequentar ou descobrir que não gostavam daquela curso nem se punha em questão) no tempo certo. Arranjaram um namorado   (a) e após o  tempo tradicional de conhecimento, casaram numa cerimónia perfeita e sem espaço aos embaraços do costume, como amigos que bebem demais e fazem verdadeiros discursos" berluscónicos". Tiveram filhos, mais que um, com a diferença de idades entre eles estudada meticulosamente. Saem de casa impecavelmente vestidas, maquilhadas e alimentadas com tudo o que de mais saudável existe, assim sei lá, tartes de ruibardo feitas fresquinhas pela manhã e smoothies de hortelã e coisas saudáveis. Ir no trânsito com o rímel numa mão, um iogurte cujo prazo acabou ontem mas-que-se-lixe-não-tive-tempo-de-ir-às-compras-e-o-iogurte-é-acido-e-as-bichezas-não-gostam-de-cousa-amarga, enquanto se pragueja e se bufa ao olhar o relógio de relance noutra é semelhante a um cataclismo.   
A minha vida é tudo menos assim, tudo menos right on schedule. E eu gosto assim

6 comentários:

Magui disse...

Confesso que essas vidas me enervam um bocado, se calhar estou como aquelas fábulas infantis em que a raposa não chegava às uvas e então dizia que elas não prestavam! A minha vida é mais à-lá-montanha-russa e por isso nada de perfeições no meu horizonte!

Valsita disse...

Ainda bem... Não consigo perceber essas vidas.
Principalmente de pois de ser mãe, deixei de stressar com casa desarrumada, e coisas assim... Varias são as vezes que (se quero dar uma cor a esta cara) termino a maquilhagem no carro no estacionamento do trabalho. Não falta compota e sopinha feitas por mim lá em casa, mas esquece jantarinho requintado todos os dias... Mas a vida assim tb nos traz surpresa Fantastica não planeadas :)
Beijos

Leope disse...

A minha vida tb não é nada assim...e eu adoro-a :)

Bi disse...

Já somos duas nesse reino!! :D
Um beijinho*

M.P. disse...

Eu tenho as minhas dúvidas quanto à existência dessas vidas...

raquel disse...

Eu concordo com a MP!
Também duvido a veracidade dessas confissões de vidas!
É que se existem mesmo, eu não sei como é que é possível!
Estou longe de alcançar tal feito. Muito longe!