28 fevereiro 2012

Das minhas crinas (once known as cabelo)...

Não tenho cabelo. Tenho umas crinas sinistras, let's face it. 
Mais de 5 meses depois de Sô Dona Maria Francisca Texuguinha conhecer a vida outside the utero, a queda de cabelo começou. Por isso, dado o tardio aparecimento de tão indesejado visitante não sei se terá a ver com a gravidez. Com a amamentação é que tenho a certezinha que não tem! 
Pois que neste dia em que vos escrevo, uso o cabelo preso num puxo, porque não sei que mais faça com ele. Fica no ar, com jeitos, com vontade própria, com nós e laços, com o Demo a quatro e sei lá mais eu o quê. 
E cai...oh se cai. Qualquer dia ando de peruca. 
As minhas crinas gritam "Cabeleireiro, pleaaaaase" à força toda. Mas o pouco tempo que me sobra ao fim do dia não dá para tudo... 
Será que é hoje que meto as fedelhas na ordem? 
Imagem retirada daqui... 

6 comentários:

Fred disse...

Eu já ando a deitar cabelo aos tufos há 5 ou 6 anos e ainda tenho trunfa. Em qualquer secretária onde estou, parece que dormiu lá um búfalo.

Magui disse...

Esqueci-me de por isso no post das coisas que a gravidez me trouxe, mas o que é certo é que o cabelo me começou a cair às 3 semanas de vida dele e caiu durante mais de 3 meses de forma assustadora... Também andei de puxo semanas e semanas a fio porque solto era impossível! Quando eu pensava que faltava pouco para ficar careca eis que ele para de cair e fiquei com o cabelo quase tão liso como quando tinha 20 anos! Nos últimos anos ele era um misto de volume e de desgrenhado louco e agora ficou calmo e liso como nos "antigamentes"... Até tenho medo que isto não fique por aqui (gostava tanto) e que ele volte a rebelar-se contra a dona...
Tens que ter paciência e aposto que isso ainda é da gravidez... Os sintomas do pós estou a ver que duram tanto como os do durante... Malditos sejam!

M.P. disse...

Oh para mim a vir aqui só para meter inveja:
Acabei de chegar do cabeleireiro!!:))

Mas, se te serve de consolo, também eu sofro de crinas no lugar de um cabelo liso, solto e sedoso...

Duchess disse...

Cair não me cai muito. Ou melhor, mesmo que caia tenho cabelo para dar e vender (queres, queres?).

mas estou com mais brancos, muito mais brancos...e ainda não consegui ir ao cabeleireiro pintar (não me apetece fazer em casa).

E posto isto acho que tem tudo a ver com a minha pergunta da semana...

*sara* disse...

A mim também me cai! Dava para fazer umas quantas perucas! O que me salva da ruína e a minha placa! Bendita sejas!
Beijocas

raquel disse...

Oh minha querida isso é do pós-parto.
De certeza!
Isto demora é tempos diferentes a aparecer.
Eu também pensei que me tinha safado deste "sintoma pós-parto", até ao terceiro mês do A. Aí começou a cair e continua.
Um caos, são manadas e manadas de cabelo. Assustador, portanto.
Eu até devia começar a doar este cabelo todo que me cai.
E quase todo o que anda a nascer é branco :S. e vou ter que tomar uma decisão...
Beijinho*